quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Fall In Love - Capítulo 3


— Que modos são esses Justin?
— Fui eu que entrei Madelyn, a mulher lá embaixo falou pra eu subir.
— Tudo bem. Vamos lá pra sala enquanto o Justin se troca. — disse. Descemos pra sala e ficamos conversando, depois de um tempo Justin desce só de bermuda deixando o seu abdômen defenido amostra. — Vou preparar algo pra nós comermos. — vi Madeyn entrar em uma porta.
— Madison.
— Oi? — virei o rosto para olhar Justin.
— Não quero que fale pra Madelyn do beijo. — disse olhando nos meus olhos.
— Eu não iria falar. Não é legal jogar na cara da minha prima que eu beijei o noivo dela. — disse como se fosse óbvio.
— Que bom. — sorriu.
— Vejo que estão se dando bem. — Madelyn aparece sorrindo. — Venham, Mary preparou algo para comermos.
[...]
Estavamos eu e Madelyn sentadas no sofá como duas adolescentes comendo chocolate e assistindo algum filme romântico que eu nem me lembrava mais o nome, eu particulamente não gosto de filmes assim românticos e dramáticos mas, abro exceção pra Jogo da Vida e A Culpa é das Estrelas, que são meus filmes preferidos. 
Madelyn sempre foi o contrário de mim. Eu sou corajosa, ela é medrosa, eu tenho atitude, ela nem tanto, eu amo perigo, ela não, entre outras coisas. Porém, ela sempre foi certinha e responsável – não que eu não seja.
Olhei as horas e já era 04:00 PM, eu praticamente passei a tarde inteira aqui. Guardei o celular e me levantei.
— Madelyn eu tenho que ir.
— Não vai nem terminar de assistir comigo?
— Podemos deixar isso pra outro dia?
— Pode ser.
Coloquei meu sapatos e dei um beijo na bochecha de Madelyn. Justin aparece na porta e me olha de cima á baixo.
— Já vai embora? — pergunta.
— Sim. — respondi. — Bom, vou indo.
— Mady, — Madelyn me chama antes de eu sair. — eu vou pedir pro Caleb te levar em casa.
— Não Madelyn, não precisa.
— Precisa sim. Justin vai precisar do Caleb pra algo? — negou. — Ótimo. — ela me puxou pelo pulso.
— Madelyn eu pego um táxi.
— Cala a boca. — quando chegamos perto do portão Caleb olha pra trás, e sorri. — Caleb você pode levar minha prima?
— Claro.
— Ótimo.
— Vamos Madison? — disse.
— Vocês já se conhecem?
— Nos falamos quando eu cheguei. — disse. Madelyn sorriu maliciosa. — Nem vem senhorita Madelyn.
— Disse nada. — levantou as mãos em forma de redenção.
— Vamos? — perguntou Caleb. Assenti. Fomos até uma Audi A8, entrei e bati a porta com mais força do que eu queria.
— Uou, — disse Caleb rindo. — a porta não tem culpa. — ri junto com ele.
— Eu não tenho cuidado com portas.
— Percebi. — riu. Dei um tapa em seu braço. — E brava. — rimos.
Fomos o caminho todo conversando, Caleb era muito palhaço fazia piada com tudo, até quando eu dizia alguma coisa séria ele me zoava ou fazia piada daquilo fazendo com que eu ficasse com a barriga doendo de tanto rir.
Pior era quando ele cantava algum trecho de alguma música que passava na rádio.
— For the good time, good time, good time
               I'm living for the good time, good time, good time
               I'm living for the good time, good time, good time
             I'm living for the good time, good time, good time. — cantamos alto a última parte da música Great Times do Will.i.am e depois caímos na gargalhada. Ao chegarmos em frente ao prédio ele estacionou e se virou pra mim.
— Amei te conhecer. — disse sorrindo.
— É recíproco. — disse ele também sorrindo.
— Bom tenho que ir. Até qualquer dia. — disse. Dei um beijo em sua bochecha e sai, quando estava entrando no prédio olhei pra trás e ele acenou, acenei de volta sorrindo.
Entrei no apartamento e me joguei na cama tirando o sapato com o pé. Não demorou muito para que eu caísse no sono.
____________________________________________________________________________
Desculpem não ter postado antes. Desculpem-me mesmo.

Comentem o que acharam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigadaaa por comenta
espero que tenham gostado bjbj