domingo, 19 de janeiro de 2014

Cap. 14 - Dear Angel


“Eis o meu segredo. É muito simples:
só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.”
— 
O Pequeno Príncipe 



Justin Bieber P.O.V

- Ela está linda.
- Eu sei. –Murmurei. –
- Nossa, cara. Ela tá muito linda.
- Porra, eu sei! –Falei já irritado. –
- Mas cara, ela está tão...
- Gata, peituda, princesa, gostosa, linda pra caralho, mas acima de tudo, ela continua com aquele sorriso encantador, tão meigo e tão criança ao mesmo tempo...
- Para de ser gay, cara. –Disse Jake rindo. – Mas nossa, que historia, uh?
- É. –Suspirei. –
- Enfim, então ela não te reconheceu? Se bem que você mudou pra caramba, né Jus? Acho que nem eu te reconheceria.
- É, mas mesmo assim machucou. Na verdade, o que me machucou mais foi o fato de termos nos tornado tão distantes a ponto de ela não me reconhecer.
- Você acha que ela me reconheceria?
- Você continua com a mesma cara de sempre, cara. Uma pena, pensei que com o tempo você teria esperança... Mas pelo visto, não.
-Ainda bem que sei que sempre posso contar com você, Bieber. –Ele riu me dando uns tapas nas costas, de brincadeira.
E com isso, saímos do aeroporto rindo, mas no fundo eu estava com uma dor no coração por ter que deixa-la, de novo.

[...]

- Sério, cara. Ele tá muito gay. Estou desconfiado que ele realmente tenha se tornado um.
- Cala a boca, Woods. Não sou eu quem liga para Camille em numero confidencial só para ouvir a voz dela e depois desliga o telefone sem falar nada. – Disse bufando e mudando de canal. –

Jake conversava com Scott a mais de uma hora, parecia um casal de namorados. Sério. Ele perguntava como eu estava, pois meu voo teve problemas, blábláblá, e então Jake explicou tudo, exatamente tudo, o que resultou boas risadas e zoações deles sobre mim.

- Eu não faço isso. –Disse Jake ruborizado. –
- Magina, eu que faço. – Debochei. –
- Xiii, vou desligar aqui, Carter, o Bieber tá nervosinho. Tchau bro. Boa sorte aí com a Barbie, quer dizer, Lauren.

E então ele desligou. Jake me informou que teríamos uma reunião com a gravadora, que seria amanhã. Só para nos informamos sobre algumas coisas, a audição ainda estava marcada para daqui a cinco dias. E Scott chegaria aqui depois de amanhã. E ainda não tínhamos nenhuma musica. Nada. Eu deveria estar morrendo de preocupação, pensando em algo, afinal, era meu futuro em jogo. Mas a única coisa que eu conseguia pensar era nela.

[...]

Eu e Jake estávamos na gravadora. E eu estava morrendo de medo, confesso. Eu não sabia do que se tratava essa reunião. Seria uma surpresa. A questão é, boa ou ruim? Tomara que boa.

- Cavalheiros. –Disse a secretaria. –

Sorrimos para ela e a seguimos. A gravadora era grande e linda. Tudo era impecável. Vários discos na parede, pôsteres de vários cantores mundialmente famosos... Meu Deus. Sorri só de pensar em um dia, eu e os caras estarmos ai, nessa parede... Só de pensar fico bobo. Aquilo era nosso sonho. E com certeza lutaríamos por aquilo.

- Bieber e Woods, é um prazer conhece-los pessoalmente.

Puta merda. Aquilo era mesmo real? Nós estávamos em uma gravadora onde Jessie J, Mariah Carey, Taio Cruz, U2, Big Sean, Psy, Nicki Minaj, Queen, Amy Winehouse e outros grandes artistas gravaram seus álbuns de sucesso? Eu só posso estar sonhando. Nós estávamos em uma das gravadoras mais conhecidas do mundo, Island Records. Caralho, que emoção.

- O prazer é nosso, senhor Grainge. –Disse Jake, ao ver que eu estava sem palavras. –
- Me chamem de Lucian. –Ele sorriu amigável. – Sentem-se, meninos, por favor.

Sentamo-nos e eu ainda estava em choque. Cara, Lucian Grainge, o presidente da gravadora estava a nossa frente. PORRA, ERA MUITA EMOÇÃO, FALA SÉRIO.

- Eu marquei essa reunião para ver se estava tudo bem para a audição, vocês sabem. Se quiserem alguma ajuda... Algum conselho? Podem pedir.
- Meu Deus, é um prazer enorme conhecer o senhor, sério... –Falei saindo do choque. -
- Cara, já passamos desse dialogo a algum  tempo. –Riu Jake. –
- É um prazer conhece-lo também, Justin. –Ele riu. – Vocês tem alguma ideia, qualquer coisa pequena que seja, para a musica?

Nenhuma, quis dizer. Mas obvio que eu não disse. Na verdade eu tinha algo em mente. Eu tinha escrito apenas um verso da letra. Não sei se mostrava ou não...

- Justin, você está com cara que tem algo em mente sim, vá, mostre o que escreveu, rapaz.
- Não sei se vocês vão gostar...
- Nunca irá saber se não tentar. –Disse Lucian. -
- Vai lá, cara. –Sorriu Jake. – Mostra aí.
Peguei meu celular e o desbloqueei, fui até as notas e mostrei um versinho que tinha escrito enquanto via (Sn) dormir no avião.
- Aqui está. Só tenho isso, por enquanto, não tenho nem a melodia.

Uh-oh, whenever you're not in my presence
(Uh-oh, sempre que você não está presente)
It feels like I'm missing my blessings, yeah
(Parece que estou perdendo minhas bênçãos, é)
So I sleep through the daylight
(Então, eu durmo com a luz do dia)
Stay awake all night
(fico acordado a noite toda)
Till you're back again, yeah, yeah
(Até você voltar, sim, sim)”

- Eu gostei. –Jake foi o primeiro ao falar. – Por menor que seja, ficou irado.
- Valeu, Woods. –Sorri. –
- Justin, ficou bem legal. É disso que os jovens gostam. Está indo pelo caminho certo. Acho que a letra não é problema para vocês, estou preocupado com a melodia...

Eu e Jake ficamos tensos.

- Eu gosto do estilo de musicas de vocês, só gostaria algo com menos influencia de R&B e algo mais... Eu não sei. Acho que algo Pop, uma musica que as pessoas achem gostosa de ouvir. Uma musica que expresse sentimentos. É isso que eu estou procurando. E é isso que eu quero que vocês me apresentem daqui a cinco dias. Espero de verdade que consigam. –Ele sorriu. – Alguma duvida?
Eu e Jake, quietos, sem palavras, apenas negamos com a cabeça.
- Então até a próxima, pessoal. Espero, realmente, que não me decepcionem.

E então agradecemos, mais uma vez e saímos de lá mais nervosos que estávamos quando entramos.

[...]

- A gente tá perdido, cara. Completamente perdido. –Dizia Jake. –
- Você tá parecendo o Scott, relaxa cara, a gente vai conseguir.
- Justin, você não está entendendo, nós temos a penas cinco dias para...

Desliguei-me totalmente. Jake às vezes pode ser bem chato. Eu também estava nervoso, afinal, tínhamos pouco tempo e muita pressão. Aquela musica iria definir nosso futuro. Era uma grande chance e não podíamos desperdiçá-la. Mas Jake fazendo mais pressão e dizendo que não iriamos conseguir, só piorava tudo.

Estávamos andando de volta para o apartamento, que era umas cinco quadras da gravadora.

- Você não está ouvindo porra nenhuma, não é, Justin Bieber? Quer saber, tudo bem! Tudo Okay. Tudo sussa. Sério. BELEZA, CARA.

- Jake, cala a boca, pelo amor de Deus. –Reclamei com dor de cabeça. –

Se eu não tivesse ouvindo os nervos de Jake a sei lá quantos minutos, eu estaria rindo. É muito engraçado quando ele da ataque histérico. Parece uma bicha. Mais do que já é. Ele fica todo vermelho e faz gestos com a mão, é engraçado de mais.

(Sn) me veio à mente, não sei por quê. Eu precisava vê-la. Precisava que ela me visse. Que me visse de verdade, como Justin Bieber. Como Drew. E não como Derek Smith.
Eu estava nervoso com tudo sobre a gravadora, precisava desabafar com alguém. Precisava dela. Ela me acalma. Ela é meu Anjo.

- Olha, você é um imbecil, sabia? Não vou te perdoar fácil e nem pense em me mandar flores, por que eu não vou te perdoar nem assim. Ok, talvez...

Jake Woods é o maior bicha que pode existir, Jesus. Ri com isso, até que tive uma ideia. Uma brilhante ideia, devo acrescentar. Era isso. Flores. Ela me reconhecia pelas flores.
Na verdade, uma flor especifica. Orquídea branca. A flor que significa amor puro. A flor que eu tinha dado ela anos atrás. A flor dela. A nossa flor.

- JAKE, VOCÊ É UM GÊNIO!
- Eu sou? –Ele disse confuso. – Quer dizer, é claro que eu sou! Eu sou um gênio, descobriu isso agora?

Nem falei nada, pois afinal sonhar é de graça. Eu estava tão animado, finalmente iria esclarecer as coisas. Sai correndo deixando Jake na calçada sozinho, confuso e gritando “Aonde você vai?”

Mas não respondi. Tinha que fazer algo mais importante. Sai correndo na rua de sua casa antiga, era lá que tinha a floricultura. Passei pela casa de (Sn) sem nem olhar, sabia que se olhasse, eu pararia e sem hesitar, iria lá ver ela. Finalmente cheguei a floricultura, no fim da rua. A mesma de quinze aos atrás.

- Hm, com licença?
- Sim? –Um senhor apareceu por trás do balcão. –
- Olá. – Sorri. – Eu...
- Eu te conheço de algum lugar. – Ele me interrompeu. –
- Hm, é, eu vim aqui anos atrás, não sei se o senhor se lembra...
- Bieber, meu Deus, como você cresceu.

O senhor da floricultura se lembrava de mim, ele me reconheceu, e (Sn) não. Realmente, por essa eu não espera. Doeu, mas eu ignorei isso. Apenas assenti sorrindo e ele sem me deixar falar algo, trouxe a orquídea branca, com detalhes roxos.

- Aqui está. –Ele me deu. – É por conta da casa, vá lá, garoto, você sabe que a Fray não gosta de esperar. –Ele deu um risinho. –
- Como sabe que flor eu queria? –murmurei. - Como sabe que é para ela?
- Justin, para quem mais seria? O seu coração pertence a ela. Sempre pertenceu. E sempre pertencera. E a flor não foi difícil adivinhar, afinal, aquela é a flor dela.

Eu apenas sorri largo para ele.

- Ainda se lembra daquele dia?
- Quando vemos uma cena de amor verdadeiro como aquela, é meio difícil de esquecer. Agora vá.
- Obrigada. –Falei sinceramente. –

Ele apenas sorriu. Eu sorri de volta e então sai disparado em direção ao parque. Ela estava lá. Ela tinha que estar lá.  O parque era perto da casa dos Fray’s então não era problema. E minha necessidade de vê-la e contar a verdade eram muita maior que a preguiça.
Cheguei ao parque e olhei diretamente para nossa arvore, que ainda estava gravada nossas inicias. Olhei para os lados e nada. Senti-me de baixo da arvore. E me apartei contra o casaco, afinal, estava nevando.

[...]

Eu estava aqui a mais de quatro horas. Estava quase dormindo quando sinto algo vibrar. Era meu celular.
Peguei e rapidamente li a mensagem de Jake.

“Onde você se meteu, dude?”
“Estou no parque.” - Respondi. -
“Porra, cara. Você é louco. L-o-u-c-o. Está sentindo isso? Pois é, se chama neve. E isso é frio e se você continuar ai vai morrer congelado.” - Revirei os olhos ao ler a mensagem.
Tão típico de Jake Woods, que nem me surpreendi. Ele estava certo. Olhei para flor que tinha alguns flocos de neve nela e suspirei a limpando. Levantei-me e coloquei a flor de baixo da arvore, tenho certeza se ela vir, vai entender o significado. Suspirei e sai andando.

Jake estava mais que certo. Eu estava a quatro horas de baixo de uma arvore esperando por uma garota que eu nem sabia se iria aparecer. Diz-me, quem faz isso? Ah, claro, os apaixonados. Ah, o amor. Torna as pessoas tão idiotas. Mas voltando ao assunto, eu era louco. Mas o mundo precisa de loucos, loucos um pelos outros. 

-----------------------------------------------------------------
----------------------------
----------
----
-
Oi gente linda!!! Tudo bem? Desculpem a demora, viu? 
Cadê os comentários? Poxa, isso desanima totalmente. Sério. Falem o que estão achando, deem palpite...
Enfim, vocês me perguntaram a um tempinho o que eu achava de jelena e a resposta é: Eu não gosto e não apoio Jelena. É isso ai. Desculpa quem gosta, eu respeito, nada contra, mas não vou com a cara dela. E nada vai mudar isso. Mas voltando ao assunto...
Logo, logo tem capitulo novo.
E o significado de att é: atualização hahaha
Deram uma olhadinha na pagina de fics? Tem mais duas novas fics!!!! Vão lá e espero que gostem ;)
Beijos.
Ps: Ah e gostaram do banner? Lembrando que não fui eu quem fiz, então, créditos a quem fez, que foi a usmile. (eu acho, não tenho certeza)  ;)

Desculpem os erros ortográficos

[Respostas dos comentários: Aqui]


Agr sim, bjs.


6 comentários:

  1. ain que meigo, que lindo que tudo... cara continua que perfeição de IB eu amo muito sério!
    Tão romântico, ain que fofo, eu achei muito engraçado a parte do Jake gente ele é muito dramático e engraçado... BIEBERKISS Mana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VOCÊ QUE É LINDA <3
      Obrigada, amor. Sério, eu fico muito feliz em saber disso :')
      O Jake é uma pateta, mas é engraçado ahuahua #amoele
      Bjs Anjooo

      Excluir
  2. Parabéns, estou adorando!
    Essa foi a melhor IB que encontrei ate agora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai mds, obrigada!!!
      Sério, fico muito feliz em saber disso :')
      Obrigada de novo, Anjo. <3
      xoxo

      Excluir
  3. Jake dramático, ashuashua, ele é muito engraçado, que gay que ele é.

    "- Olha, você é um imbecil, sabia? Não vou te perdoar fácil e nem pense em me mandar flores, por que eu não vou te perdoar nem assim. Ok, talvez..."

    Isso soou muito gay!!!!
    Mas inteligente...

    Justin que lindo *-*
    Que romântico ele ficar no meio da neve para ver se eu apareço... Achei tão fofo!!!!!! Sério, isso sim é amor de verdade.

    Princesa (posse te chamar assim né?) feliz dia das Beliebers para você (atrasado) e parabéns para você que não desistiu e fico até aqui. Porque no ano passado só ficaram as verdadeiras. Para mim as Beliebers são um fandom muito forte... Depois de tudo que ele fez, nós continuamos com ele.

    Enfim CONTINUA MINHA PRINCESA
    -Hayley

    Always Kidrauhl <3 <3

    ResponderExcluir
  4. Jake é uma figura, né? ahuahuaha Camille tem que ter paciência
    Sim, muito fofo, né? Preciso de meninos assim na minha vida auhau
    Awn, claro que pode, amor! E princesa é você.
    Feliz dia das Beliebers para você tbm, amor (atrasado, mas msm assim...)
    É isso ai, as verdadeiras são para sempre <3
    Continuei, obrigada, viu amor?
    Bjs anjinho da minha vida haha

    ResponderExcluir

obrigadaaa por comenta
espero que tenham gostado bjbj