terça-feira, 26 de novembro de 2013

Cap. 8 - Dear Angel



“Se tivesse um amigo que nunca mais fosse ver… O que você diria? Se pudesse fazer uma última coisa para alguém que ama… O que seria? Faça. Diga. Não espere. Nada dura pra sempre.” 
- (One Tree Hill)





Onde eu estava afinal? Legal, eu me perdi. Comecei a correr, mas eu não reconhecia nada. Parecia tudo borrões. Eu não conseguia enxergar direito. Cansada, me sentei de baixo de uma arvore pelo que parecia. Encostei minha cabeça lá e suspirei alto. 




- Oi. 



Quem disse isso? Eu conhecia essa voz. Sei que conhecia. Olhei ao redor, mas não vi ninguém. Estava começando a ficar com medo. 



- Quem é que está falando? –Gritei de volta. – 



Mas ninguém respondeu. 

Senti um calafrio. Não sei bem por que. Coisa boa não era. 



- Sou eu, Anjo. –E então enfim apareceu. – 



Meu coração parou naquele momento. Lá estava Justin. Com suas roupas largas e seu boné. Ele tinha um sorriso lindo. Justin tinha a mesma aparência de 13 anos. Ele correu até mim e me abraçou e então eu ainda chocada, o abracei de volta. Olhei para baixo e vi que eu também tinha 13 anos. Como é... 



- Não é possível. –Sussurrei. – 



- Claro que é, Anjo. 



- Você não pode ser real. Isso não pode ser real. 



- E porque não? 



- Você me deixou. –Disse com voz falha. – 



- Eu nunca a deixei. Sempre estive com você, Anjo. 



- Não, não... 



- Eu estava aqui, sempre estive. 



- Aqui aonde? 



E então ele sorriu e veio até mim. Eu não me mexi. Ele pegou minha mão e levou até meu coração. 



- Em seu coração. 



Meus olhos se encheram de lagrimas na mesma hora. Tentei abraçar Justin mais uma vez, mas ele estava sumindo aos poucos. 



- Jus, não vá embora. –Disse já chorando. – 



- Tá tudo bem, Anjo. Não chore. 



- Fica comigo. –Murmurei. – 



E então ele sorriu. Foi um sorriso tão lindo. Era estranho, por um lado. Quer dizer, fazia tanto tempo que eu não via esse sorriso, esse rosto... Mas de alguma forma, era tão familiar. Ele sempre esteve na minha memoria e acho que sempre estaria. E então, antes de sumir completamente disse: 



- Nos vemos em breve. 



E então ele se foi. 



Xx 


Acordei assustada. Olhei ao redor e eu estava em meu quarto. Tudo estava do jeito que eu deixei quando dormi. Eu levantei e fui ao banheiro, joguei água em meu rosto e me olhei no meu rosto. Aparentava ter a idade que tinha. 25 anos. E então eu me toquei, foi tudo um sonho... 
Nada daquilo era real. 


É triste, você sonhar com algo que você sabe que não pode ter. Que não vai acontecer. Lagrimas escorreram pelo meu rosto. E então, pela primeira vez eu desejei voltar para casa. Desejei que minha mãe estivesse viva. Desejei que Jus estivesse aqui comigo. Desejei que tudo isso fosse um pesadelo. Mas não era. Era real. 

Nada disso iria acontecer. Eu sabia que não. Então joguei água no rosto de novo e fiz a única coisa que eu podia fazer. 

Seguir em frente. 



Xx 


Depois daquele sonho ou pesadelo, não sei dizer, voltei para a cama e dormi mais um pouco, acordei e aqui estou eu. Arrumando minha mala. Colocava tudo na mala com cuidado, acho que não esqueci nada... Quando estava saindo, vi uma caixa de baixo da cama. Oh, sim. A caixa. Peguei-a e coloquei na mala. Historia para depois, enfim, Nora quase teve um treco quando descobriu que eu fui despedida. Ela sabia o que aquilo significava. Camille também ficou mal. Kate e Daniel ainda não sabiam, eles devem estar fazendo sabe sei lá o que, sabe sei lá aonde. Eu iria embora à tarde. Olhei para meu quarto e não tinha quase mais nada. Senti um aperto no coração. Não sou boa com despedidas, nunca fui. Seja com uma pessoa, um objeto, um lugar... eu odeio despedidas. Pois você querendo ou não, é um Adeus. 


Peguei minhas malas e sai do meu quarto. Nora e Camille estavam na sala. Elas estavam com cara de enterro, mas eu as entendia. Tanto tempo juntas, conversando, rindo, dividindo segredos, uma casa, comida, e então, de repente, tudo acaba. Cams tentou sorrir para mim, mas foi em vão. 



- O táxi está em baixo. –Murmurou Nora sem olhar para mim. – 



- tudo bem, vocês vão ao aeroporto comigo? 



- Obvio! –Disse Camille. – Tentei ligar para a Kate e Daniel , nenhum dos dois atendeu. 



- É, parece que vou ter que ir sem me despedir deles. –Disse chateada. – 



- Você sabe que não precisa ir. –Disse Nora, pela primeira vez olhando para mim. – 



- Eu e meu pai tínhamos um acordo, Nora. 



- Eu sei, mas... não quero que você vá. 



- É, nem eu. –Dei um sorriso de lado. – 



Antes de mais alguém se pronunciar, o cara do táxi tocou a buzina impacientemente. Olhei para Nora e Camille e respirei fundo, era hora de ir embora. 



Peguei minhas malas, e as duas me ajudaram, elas saíram na frente, me deixando por ultimo, antes de sair, olhei em volta e sorri torto, tudo isso aqui faria falta. E então, varias memorias passaram como flashes em minha cabeça. Eu e Waters jogando wii na sala. Eu e Nora cozinhando, ou melhor, queimando as coisas na cozinha. Camille entrando no meu quarto sem pedir, Kate dormindo no sofá... coisas que não voltariam a se repetir. 



Respirei fundo e sai antes que eu começasse a chorar. Nora e Camille já estavam dentro do táxi, dei minha mala para o taxista e entrei também. Nenhuma de nós conversou no caminho. E não seria eu que quebraria o silencio. Depois de alguns minutos, chegamos ao aeroporto, paguei o taxi e peguei minhas malas, depois peguei um carrinho e coloquei todas elas dentro. Meu voo saia as... olhei no relógio, faltava 10 minutos. 



Eu sempre estou atrasada, meu Deus. 



Nora e Camille me olhavam com os olhos cheios de lagrimas e eu corri e abracei as duas.



- Se cuida, pirralhinha. 



- Cala a boca, Grey. Temos a mesma idade. 



- Eu sou mais madura, você sabe... 



- Ah, claro –Cams revirou os olhos. – Se cuida, (Sn). Qualquer coisa liga e a gente vai correndo para Londres. 


Assenti com a cabeça, eu sabia do que ela estava falando. Digamos que Londres não me trazia boas lembranças... Camille me abraçou mais uma vez e falou como uma mãe preocupada, que qualquer coisa era só ligar, que eram para eu tomar cuidado, essas coisas... Camille sempre foi a mamãe do grupo. Nora era sempre a mais durona, mas ela nesse momento parecia a mais frágil do grupo. Abracei minha melhor amiga com toda força que pude. De todas elas, Nora era a mais especial. Conhecíamo-nos desde que nascemos praticamente. Não que eu não amasse as outras, mas... Nora era Nora. 
O voo chamou, sai correndo para não perder o avião. Olhei a ultima vez para trás e as duas estavam abraçadas chorando, eu também chorava. Dei um sorrisinho e elas retribuíram. Peguei minha mala e corri mais rápido. Kate e Waters deveriam estar aqui. Eu realmente gostaria de ter me despedido deles... do casal melação. 


[...]




O avião não estava tão cheio, eu já estava aqui enfurnada a duas horas. Já tinha ficado 3 vezes com cãibra. E pior, eu estava entediada. Acho que eu vou morrer. Fui ver que filmes tinha, e não passava nada de bom. Esse pessoal que escolhem esses filmes tem um péssimo gosto. O melhor de todos era deu a louca na chapeuzinho 2, para você ver como a situação estava feia. Resolvi dormir, mas tinha um gordo, uma baleia, para ser mais exata no meu lado roncando que nem um porco. Parecia mais um baleico. (Balei+ porco) 

Depois dessa, eu vou me matar ali e já volto. Classe econômica é um lixo. Tudo bem, eu preciso fazer xixi. Digamos que quando eu fico nervosa eu bebo agua, muita agua. E eu estava nervosa, quer dizer, eu tenho medo, só um pouquinho, um pouquinho de nada, de avião. De repente o avião balançou, fazendo-me gritar alto e todos olharem para mim. Tá, um poucão. O Baleico não acordou, nem com meu grito. Vai ver ele morreu ai. Resolvi ir ao banheiro, ok respira, inspira, respira, inspira... 

Passei pelo gordinho com muita dificuldade. Demorei, mas consegui. Onde eu estava sentada era lá na frente, ou seja, demorei um tempinho para chegar ao banheiro, estava quase mijando nas calças. Ouvi alguém me chamar, mas estava tão apertada que nem liguei. Finalmente fiz xixi, bem melhor. Sentia-me novinha em folha, uma pluma. Lavei as mãos e sai, enquanto caminhava de volta para meu assento, eu pensava se eu estava chegando, não aguentava mais ficar nesse avião. Ouvi alguém me chamar de novo. 



- Ei, você! Espera. 


Foi ai que eu paralisei. 
Por que eu conhecia aquela voz. Eu conhecia muito bem aquela voz. 
E isso não era bom. Não era nada bom. 



Justin Bieber. 







------------------------------------------------------
E ai, gente linda. Tudo bem? Sim ou não? Eu to bem
Eu sei que ta pequeno esse cap, mas... ta aí. Auah isso que importa!
Enfim, comentem, amores <3

Xoxo


Desculpem os erros ortograficos 



9 comentários:

  1. VOCÊ É LOUCA DE PARAR O CAPÍTULO ASSIM??????

    CONTINUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PQ TD MUNDO ME FALA ISSO? hauhauha sou louca não <333
      Continuei, anjo.
      Obg por comentar, bjs <3

      Excluir
  2. Wow!!! Que vergonha aparecer aqui..
    Desculpa por não estar comentando, é que eu troquei de celular então eu perdi tudo dele!!! Mas eu consegui recuperar o seu blog!!!!!
    Como você pode parar ai??? Tipo na melhor parte?!?!? Sua chata!!!
    Por favor tenta postar mais um essa semana??
    Mas enfim CONTINUA LITTLE DIVA!!!
    AMO DEMAIS O SEU BLOG!!!!
    -Hayley

    P.s.:Quantos anos você tem??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que isso amor! Você é de casa hauhauah Está perdoada e vergonha nada, eu te entendo!
      Continuei baby, mas tbm parei em uma parte tensa pq sou assim, má por natureza ahuahua
      AWN, OBG ANJO! <333
      E eu amo vc hahaha
      Eu tenho 14, vou fazer 15 ano que vem e vc, baby?
      xoxo

      Excluir
  3. MANO MANO
    JUSTIN APARECEU
    AI MEU CORE
    GNT
    EU RAXO CM ESSA MINA ELA É MT ENGRA EHEHHEHE
    Comassim, comassim justin bieber?
    Na onde ele tinha se metdo? Scrrao
    E vc parou na parte que tudo acontece?
    ta doida?
    preciso da continuação!
    ande ande moçoila!
    Parabéns pelo capitulo pft scrrr <3
    b bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e eu tenho 16 vou fazer 17 em janeiro eheheheh :b boba nao me assuste u.u

      Excluir
    2. >Agora< ele apareceu p valer hauahuah
      Onde ele se meteu? Boa pergunta, pena que vocês só descobrirão durante a fic, sou má! muahahaha
      SIM, APRENDI COM VC A PARAR NESSAS PARTES HAUAHUAHUA
      Continuei, anjo da minha vida e awn, obg <3
      Bjs e mds, me senti uma bb perto de vc kkkk <3333

      Excluir
  4. Perfeito continua logo p f

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, obg!!! Continuei, my love! Gostou? haha
      bjs <3

      Excluir

obrigadaaa por comenta
espero que tenham gostado bjbj